A CONSTRUÇÃO DA AMEAÇA ARGENTINA -

A oposição a Perón na imprensa brasileira (1945-1955)

RODOLPHO GAUTHIER CARDOSO DOS SANTOS

No final da década 1940, notícias publicadas em revistas e jornais brasileiros demonstraram preocupação com o crescimento econômico e bélico da vizinha Argentina, governada então pelo general Juan Domingo Perón. Em 1950, informes desencontrados acusavam o governo vizinho de financiar a campanha eleitoral de Getúlio Vargas, que venceria o pleito à presidência. Durante esse governo, a imprensa oposicionista passou a especular constantemente a respeito de uma aliança secreta entre Vargas e Perón para estabelecer uma ditadura disfarçada, a “república sindicalista”. Após o suicídio do líder gaúcho, que nunca se encontrou pessoalmente com Perón, tais suspeitas recaíram sobre seu herdeiro político, João Goulart. Essa sucessão de episódios que agitaram profundamente a vida brasileira naqueles anos mostra como os governos de Juan Domingo Perón (1946-1955) foram lidos, interpretados e usados como armas na arena política nacional tanto por políticos profissionais quanto por empresas jornalísticas alinhadas ao antigetulismo. A obra analisa essas disputas importantes, que acabaram por influenciar nos rumos das políticas interna e externa da América do Sul.

Sumário:

 

 

Prefácio

 

Introdução

 

Capítulo 1 – Perón, o nazista (1945-1950)

1.1 A Argentina no pós-guerra

1.2 O Brasil após o Estado Novo

1.3 A ambiguidade inicial

1.4 O antiperonismo de O Cruzeiro

1.5 Peronismo, o nazismo sul-americano

1.6 Um novo Rosas – a política externa peronista

 

Capítulo 2 – A barbárie peronista (1950-1953)

2.1 Carlos Lacerda e a Tribuna da Imprensa

2.2 A campanha presidencial de 1950

2.3 A liberdade de imprensa

2.4 As perseguições aos opositores

2.5 O povo esclarecido contra a massa fanática

 

Capítulo 3 – Um vizinho incômodo (1950-1953)

3.1 A bomba atômica peronista

3.2 Novas acusações de imperialismo

3.3 Denúncias de infiltração sindical

3.4 A imprensa peronista tupiniquim

 

Capítulo 4 – Os conspiradores (1953-1955)

4.1 A República sindicalista

4.2 O comuno-peronismo

4.3 O naufrágio do Pacto ABC

4.4 O polêmico discurso de Perón

4.5 As causas do naufrágio

4.6 O pedido de impeachment

4.7 A carta Brandi

4.8 O resultado das eleições e das investigações

4.9 O epílogo do antiperonismo brasileiro

A CONSTRUÇÃO DA AMEAÇA ARGENTINA.jpg

​ISBN: 978-65-86255-50-8
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 238

​Preço:R$ 50,00