As letras e as imagens – iniciais ornamentadas em manuscritos do Ocidente medieval

Maria Cristina Pereira

As letras iniciais ornamentadas são uma das modalidades mais difundidas de organização visual medieval, mas um tema ainda pouco estudado por especialistas. Qualificadas como ornamentadas ou ornamentais porque se destacam de outras letras por um conjunto de características, tais como o uso de cores, sua dimensão maior, ou o acolhimento de motivos que se estendem dos mais abstratos aos francamente iconográficos, essas letras promovem uma interação complexa de dois universos, o do texto e o da imagem, em um jogo de múltiplas tensões, substituições e manipulações. Neste livro, Maria Cristina Pereira, ao analisar essas relações entre texto e imagem, propõe novas categorias para explicar os modos de funcionamento dessas letras – inicial melismática, inicial moldura, inicial figurante, inicial imagem, inicial objeto. Com essas operações teórico-metodológicas, são indicadas pistas para a compreensão da organização do manuscrito e, mais amplamente, da própria sociedade medieval.

SUMÁRIO

Questões colocadas sobre letras e imagens

  1. Da taxonomia das letras: para uma nova tipologia das iniciais ornamentadas no Ocidente medieval

    1. O predomínio da letridade da inicial

    2. 1.2 A inicial melismática e o sobretrabalho gráfico

1.3 Intermezzo: as iniciais decoradas

1.4 Iniciais e imagens: inicial moldura, inicial figurante, inicial imagem e inicial objeto

2. O pintor de iniciais no trabalho

2.1 O escriba e o iluminador em imagens

2.2 O pintor de iniciais em imagens

 

3. O uso das cores nas iniciais do Ordo ad consecrandum et coronandum regem

 (Paris, BnF, Ms. Lat. 1246)

3.1 O Ordo ad consecrandum et coronandum regem (Paris, BnF, Ms. Lat. 1246)

3.2 As funções das cores no Ordo

4. Manipulação das letras como recurso ornamental: dois estudos de caso, a placa comemorativa do claustro de Moissac e o Benedicionário de S. Æthelwold

4.1 A inscrição comemorativa da construção do claustro de Moissac: escrita de aparato epigráfica 4.2 As iniciais monumentais do Benedicionário de S. Æthelwold

5. As iniciais melismáticas e o pixo: a ornamentalidade das letras na contemporaneidade e na Idade Média

5.1 Iniciais melismáticas e pixo: definindo conceitos

5.2 A transfiguração das letras

5.3 O trabalho do ornamento

6. A letra e a folha: escrevendo nas iniciais figurantes da Bíblia de Saint‑Bénigne de Dijon (Dijon, Bibliothèque Municipale, Ms. 2)

6.1 As iniciais de São Jerônimo

6.2 As iniciais dos Evangelistas

7. O monge e a letra: as iniciais ornamentadas do manuscrito cluniacense BnF, Ms. Lat. 17716

7.1 O manuscrito

7.2 As iniciais decoradas do manuscrito

7.3 As iniciais com imagens

8. Quid est corpus? Ou: Quando o Q é um corpo

8.1 O Q dos artistas

8.2 Os Qs atlantes: manuscritos do scriptorium de Engelberg

8.3 Os Qs do Saltério de Corbie

9. Capitalium litterarum admiretur imagines : as iniciais historiadas do Beatus uir

9.1 As imagens

9.2 As letras

9.3 A ornamentação

10. Iniciais figurantes da história de Jonas e a baleia

10.1 As iniciais figurantes e a organização das imagens

10.2 As iniciais figurantes e a participação da barra horizontal na imagem

10.3 As iniciais imagem

 

11. Narrativas de uma ausência: as iniciais que nunca foram e as que não são mais

11.1 Histórias de iniciais fantasmas para gente grande

11.2 Iniciais que viraram imagens

No final, uma letra a mais que os pecados

Coda

Bibliografia citada

Fontes primárias manuscritas

Fontes primárias impressas e eletrônicas

Bibliografia especializada

Lista de figuras

​ISBN: 978-85-8499-190-7
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 318

​Preço:R$ 55,00

Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

© 2015

  • w-googleplus
  • w-facebook