Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

  • w-googleplus
  • w-facebook

© 2015

Candido, Schwarz e Alvim – a crítica literária dialética no Brasil

Edvaldo A. Bergamo . Juan Pedro Rojas (orgs.)

Esta coletânea de ensaios é resultante de um evento universitário, organi­zado com o apoio financeiro decisivo de agências de fomento à pesquisa (FAPDF), com a finalidade de analisar e de debater a obra de três repre­sentantes admiráveis de nossa história cultural: Antonio Candido (1918-2017), Roberto Schwarz (1938) e Francisco Alvim (1938). A oportuna atividade acadêmica, voltada à reflexão e ao compromisso intelectuais, ocorreu na Universidade de Brasília (UnB) e deu ensejo à apresentação e agora à publicação de diversos textos de estudiosos pertencentes a inúme­ras instituições públicas de ensino, os quais examinam os múltiplos aspec­tos de uma exemplar produção ensaística e poética que coloca em desta­que o desenvolvimento e o aprofundamento de um pensamento letrado específico, obviamente sem nenhum vestígio de beletrismo vulgar, porque busca a sustentação cognitiva numa base material determinante e inalie­nável, para indagar e figurar as agruras características da questão nacional brasileira. A erudição empenhada de Candido e de Schwarz, bem como o trabalho artístico de Alvim do mesmo teor, passam em revista as contradi­ções mais acintosas de uma formação econômica incompleta, assim como de uma modernização conservadora perversa. Desse modo, a produção crítico-poética dos autores em causa esteia-se numa compreensão e numa interpretação do Brasil tensionadas ao máximo pelos impasses mais mar­cantes de um país de origem colonial e escravocrata com imensos dilemas e óbices, cujos contornos dilacerantes ainda ecoam com persistência na ma­nifesta desorientação contemporâneo de uma nação à deriva.

SUMÁRIO

Textos sobre Antonio Candido

Notas sobre o conceito de Redução Estrutural em Antonio Candido

Hermenegildo Bastos

Estrutura, função e valor na crítica de Antonio Candido

Edu Teruki Otsuka

A crítica materialista e dialética na contemporaneidade brasileira: impasses e hipóteses

Juliane Vargas Welter

AC, uma jornada em torno da palavra

Marcello Rollemberg

Antonio Candido: o reconhecimento do professor

Patricia Trindade Nakagome

Realidade e realismo na crítica literária de Antonio Candido

Ana Laura dos Reis Corrêa e Elisabeth Ingeburg Souza Hess

O significado de “Nuestra América”: Candido e o universo literário latino-americano

Daniele Rosa

Antonio Candido e Haroldo de Campos: debate(s) sobre a formação da literatura brasileira

Edvaldo A. Bergamo

A Continuidade de Antonio Candido na Formação crítica contemporânea

Camila Chernichiarro de Abreu Corrêa e Rafael Batista de Sousa

Sadismo, crueldade e deleite: quando “a relação devoradora de homem a homem assume um caráter de paradigma” – “A Causa Secreta”

Diuvanio de Albuquerque Borges

De Antonio para Joãos e Josés: ecos do pensamento de Candido na formação intelectual de um jovem Sem Terra

João Paulo Ferreira dos Santos

Nosso encontro com Antonio Candido

Geraldo Gasparin e Rosmeri Witcel

 

Textos sobre Roberto Schwarz

Pela via do método: Roberto Schwarz revela Antonio Candido

Rogério Cordeiro

Contestação, Revolta e Sacrifício em 1967: Comentário a partir de Roberto Schwarz

Homero Vizeu Araújo e Mariana Figueiró Klafke

Machado de Assis: leitor de Diderot

Ludmylla Mendes Lima

Gênero e história: duas questões na leitura do romance Senhora, de José de Alencar

André Matias Nepomuceno

Textos sobre Chico Alvim

Um poeta dos nossos!

Eleonora Ziller Camenietzki

Poesia e realismo em O metro nenhum, de Francisco Alvim

Alexandre Pilati

Itinerário de um estudante para compreensão da poesia de Francisco Alvim

Paulo Henrique Vieira de Souza

Candido, Schwarz, Alvim

Vilma Arêas

​ISBN: 978-85-8499-154-9
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 292

​Preço:R$ 56,00