Crítica e curadoria dentro e fora do eixo – operação resistência

Ana Avelar

Conheci Ana Avelar por ocasião do Colóquio de Teoria,

Crítica e História da Arte da Universidade de Brasília, quando

fui uma das alunas voluntárias para organizar o evento. Ainda

no meio acadêmico, a preocupação de Ana sempre esteve

direcionada à conciliação entre teoria e prática, de tal forma

a nos proporcionar um contato com a história da arte dentro e

fora da sala de aula. Para além das disciplinas, pude participar

de seu grupo de estudos em história e crítica de arte brasileira,

junto a alunos e alunas da graduação. Às discussões sobre as

leituras, intercalavam-se visitas a exposições e ateliês de artistas

da cidade.

Na Casa da Cultura da América Latina – CAL/UnB, sob

sua curadoria desde 2016 à qual se somou a Casa Niemeyer

mais recentemente, alunos e alunas atuavam – e ainda atuam –

diretamente na produção de exposições e residências artísticas.

A articulação destas atividades nos ofereceu um horizonte contra

o engessamento e até mesmo certa solitude intelectual com

que, não raro, nos deparamos ao longo da graduação e da pós.

Desses convívios, derivaram minha primeira iniciação científica

e curadoria, ambas sob sua orientação, além de trabalhar como

sua assistente em outras mostras. As experiências com práticas

curatoriais abriram ainda caminho para que desenvolvesse meu

projeto de pesquisa e ingressasse na pós-graduação.

SUMÁRIO:

 

9 Apresentação

Marcella Imparato

 

11 Prefácio

Ana Gonçalves Magalhães

 

15 Dentro e fora do eixo: na direção do experimental

Ana Avelar

 

Textos

 

19 Lucia Loeb Mindlin: retorno

 

21 Zona Detenção – a sala de estar de Eduardo Verderame

 

23 E stratégias para uma ativação de SP: intervenções de Fernando Piola

 

29 Paul Setúbal: Aviso de incêndio

 

37 Arcangelo Ianelli – gesto contido, modus operandi concreto

 

45 Sergio Camargo: clássico, construtivo, lírico

 

53 O através da pintura de André Ricardo

 

57 Tira-Linhas em três momentos (com interseções significativas): Marcia Pastore

 

63 Martin Brausewetter: entre o vulcão e a mancha

 

69 Gustavo von Ha - imitação, simulação e entretenimento

 

73 Para além do movimento: pinturas de Jaime Prades

 

77 Um tema de longa duração: “Monumentos

Temporários”, de Fyodor Pavlov Andreevich

 

81 O 1 irreal, de André Parente: ação silenciosa e objeto

permanente

 

87 Os achados do Saracvra: Gustavo von Ha e a

dispersão da narrativa

 

91 “...quando as formas se tornam relatos”: curadoria

e resistência

 

99 Nos “Tropikos” de Chico Amaral: observando as regras do jogo

 

101 Sobre a verossimilhança: as realidades possíveis de João Castilho

 

105 Diego Castro e a geografia da imagem

 

107 Coletivo Lâmina: de realidade e de realismo

 

 

109 Sobre materiais e singularidades formais em Edgar Racy

 

111 A cultura da fuleragem na pintura de Camila Soato

 

113 arpão bengala berimbau cachimbo: a escultura contemporânea de Claudio Cretti

 

117 Fronteiriços, de Matias Mesquita: pontos de encontro entre as coisas

 

119 “Brasília Extemporânea”: monumental, estática, estrangeira

 

131 Martin Brausewetter: da experiência e da pintura

 

135 Lacração, de Cecilia Mori: videoperformances e feminismos

 

139 Tridimensionais incontornáveis: geometria e corpo na escultura brasileira atual


 

145 Da repetição ao silêncio, de João Trevisan

​ISBN: 978-85-8499-185-6
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 146
​Preço: R$ 45,00

Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

© 2015

  • w-googleplus
  • w-facebook