Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

  • w-googleplus
  • w-facebook

© 2015

Michel Foucault – a arte neoliberal de governar e a educação

 

Haroldo de Resende (org.)

Embora Michel Foucault não tenha tematizado a questão educacional, de maneira direta, desenvolveu, por um lado, noções e conceitos propícios para pensá-la do ponto de vista das microrrelações e da produção disciplinar e, por outro, dimensionou o Estado na perspectiva dos micropoderes, ao descortinar a governamentalidade pelas frestas abertas pela biopolítica, em que a educação funciona como mecanismo biorregulador. Daí, a importância de discutir a arte neoliberal de governar, como racionalidade política na gestão da educação, a partir da análise que ele desenvolveu, especialmente nesse momento, em que a governamentalização do Estado é acirrada e o campo educacional se estabelece cada vez mais como locus em que a racionalidade neoliberal atinge seu grão mais fino nas práticas fundamentadas nessa racionalidade, engendrando um modo de vida para o indivíduo e a para a população inteira, uma vez que a escola decifrada pela forma econômica do mercado funciona como um aparelho de biorregulação que produz subjetividades individuais e sociais emaranhadas que se conectam a mecanismos em defesa da sociedade como se encontra montada.

Alexandre Simão de Freitas . Alfredo Veiga-Neto . Celso Kraemer . Haroldo de Resende . Julio Groppa Aquino . Marcio Alves da Fonseca . Margareth Rago . Maura Corcini Lopes . Monica Loyola Stival . Pedro de Souza . Peter Pál Pelbart . Roberto Rafael Dias da Silva . Sílvio Galo . Sylvio Gadelha . Vinícius Durval Dorne

Coedição: Capes, CNPq


 

SUMÁRIO

Apresentação: Michel Foucault - a arte neoliberal de governar e a educação

Haroldo de Resende

Virada geontológica e corpos em fluxos: educar para além do governo da vida e da não vida

Alexandre Simão de Freitas

Neoliberalismo e educação: os desafios do precariado

Alfredo Veiga-Neto


 

Discurso e técnicas de vida: a questão metodológica em subjetividade e verdade. Haveria um Foucault da ética?

Celso Kraemer

Economização, valores morais e democracia

Daniel Pereira Andrade

A educação por toda a vida como estratégia de biorregulação neoliberal

Haroldo de Resende

As pedagogias contemporâneas como materialização do corolário neoliberal na educação

Julio Groppa Aquino

A educação entre as lógicas da dialética e da estratégia

Marcio Alves da Fonseca

Empresárias de si mesmo? Recuso-me, denuncio!

Margareth Rago

(In)utilidade e exclusão: o extremo do neoliberalismo e o futuro do humano

Maura Corcini Lopes

O sujeito do (neo)liberalismo

Monica Loyola Stival

Modos neoliberais de governar no discurso do novo ensino médio

Pedro de Souza

É a política a continuação da guerra por outros meios?

Peter Pál Pelbart

A crise como operador estratégico e a emergência de novas figuras subjetivas: escolarização juvenil e a arte de governar neoliberal

Roberto Rafael Dias da Silva

A educação entre o governo dos outros e o governo de si

Sílvio Gallo

Empresariamento da sociedade e da educação: o complexo corpo-subjetividade do homo economicus neoliberal, o imperativo da alta performance e seus efeitos

Sylvio Gadelha

Do “culto” à língua: uma análise da polêmica do livro didático por uma vida melhor

Vinícius Durval Dorne

​ISBN: 978-85-8499-134-1
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 268

​Preço:R$ 50,00