Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

  • w-googleplus
  • w-facebook

© 2015

Oráculo da fronteira

Edgar Cézar Nolasco

Em 2014, o autor publicou Pântano (Intermeios, 2014), no qual se enveredava pelo poema em prosa, trazendo também uma escrita que poderia ser nominada de bioficcional, devido ao fato de sua vivência na fronteira-Sul servir de estofo para os textos poéticos. Passados três anos, o autor retoma aquela escrita poética biográfica fronteiriça em o ORÁCULO DA FRONTEIRA, e talvez mais consciencioso ainda da poética que busca, já que, nestes poemas, a linha que separa o bios da ficção não existe mais, sendo definitivamente rasurada pela inter-relação entre o bios e o lócus, tanto com relação à existência dos poemas, quanto com relação ao lugar de onde o autor erige sua criação. Como deixa sugerir o título do livro, o autor procura encostar o ouvido na paisagem abissal, pantanosa e revoltosa que contorna a imagem esgarçada da fronteira-Sul, na tentativa de escutar as histórias locais pregressas e atuais que fundam o mundo epistemológico de todos os que nela habitam.

SUMÁRIO

PARTE I – SENSIBILIDADES BIOGRÁFICAS

1 – Oráculo da fronteira

2 – A sombria noite dos mortais

PARTE II – HISTÓRIAS LOCAIS

3 – Três homens jogavam o truco

4 – Infância

5 – Perto do coração selvagem

6 – História de família

7 – Lição

8 – Rosa

9 – Fazenda

10 – A fé de minha mãe

PARTE III – SENSIBILIDADES FRONTEIRIÇAS

11 – Perto do coração da fronteira

12 – Política local

13 – Bete

14 – Minha cidade

15 – Quando éramos crianças

16 – jardinzinho

17 – As três rolinhas

18 – Uma história infantil íntima

19 – A noite

20 – Travessia

21 – Abandono

22 – A cantoneira azul

23 – Minha explicação

24 – Sobrevida

PARTE IV – ÀS VEZES A VIDA VOLTA

25 – A biografia do poeta

26 – A morte

27 – Impaciência

28 – tratado biográfico do poeta da fronteira

29 – O balbucio do oráculo

PARTE V – BIOGRAFIA DA FRONTEIRA

30 – Perguntas ao oráculo

31 – Biografia da fronteira

32 – Quando eu ia começar a escrever o poema

33 – Paisagens bugrescas

34 – Meu norte é o sul

35 – Passagem do ano novo

36 – Paisagens biográficas

37 – Poema político, por que não?

38 – Diálogos e contrabandos da fronteira

PARTE VI – REVOLTA

39 – Sem título

​ISBN: 978-85-8499-118-1
Formato: 12x21 cm​
​Paginas: 102

​Preço:R$ 25,00