Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

  • w-googleplus
  • w-facebook

© 2015

Pier Paolo Pasolini – estudos sobre a figura do intelectual

 

Vinícius Nicastro Honesko

Este livro surge não como uma celebração de Pier Paolo Pasolini e tampouco como um lamento (caso o introitus estivesse abrindo um Requiem): nenhuma dimensão de culto à imagem da figura Pasolini, nenhuma saudação que pretenda emoldurá-lo como um exemplo, nenhum monumento à memória de um grande poeta (mesmo com a imagem gigantesca de outro gigante, Alberto Moravia, durante o enterro de Pasolini, a ressoar pelo século: “perdemos um poeta.

E poetas não são tantos no mundo, não nascem mais que três ou quatro em um século”); tampouco um lamento pela perda brutal do poeta que tanto ainda teria intervindo no mundo. Pelo contrário, a ideia deste livro é tomar Pasolini como um amigo, como alguém com quem ainda seja possível conversar. Para dizer com outras palavras, os estudos aqui reunidos foram resultado de uma espécie de conversa infinita travada com alguém com quem durante pelo menos quatro anos compartilhei a existência (ainda que esse compartilhamento tenha ocorrido à luz da inatualidade). É por isso que este livro não se pretende como culto celebratório à figura do intelectual Pasolini e menos ainda um lamento pela morte do poeta ou pelo suposto fim da conversa. O livro, assim, face a imagem de Pasolini e dessa conversa infinita, pretende ser apenas um cristal que concentra uma porção de tempo num agora outro em relação ao agora em que suas partes foram escritas: neste agora que fulgura como instante de perigo.

SUMÁRIO

Apresentação, por Maria Betânia Amoroso

Prefácio

Linguagem e vida: Pier Paolo Pasolini

Paródica sacralidade: imagens de Pasolini

Um intelectual perto do fim: as agruras da resistência de Pasolini

Pier Paolo Pasolini, Murilo Mendes e a religião de seus tempos

Alçar minha solitária e pueril voz não tem mais sentido: o que nos dizia

Pasolini?

Jovens ainda mais infelizes: o que dizer quando já não há o que dizer?

Política dos rostos: nostalgia da vida e crítica do presente em Pier Paolo

Pasolini e Giorgio Agamben

Pasolini e a crítica à hipocrisia de quem quer melhorar o mundo

Nota aos textos

Referências

 

​ISBN: 978-85-8499-136-5
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 140

​Preço:R$ 45,00