Tel: 11-2365-0744 / 94898-0000 / 99637-6186

Mail: Joaquim@intermeioscultural.com.br

​Mail: Vendas@intermeioscultural.com.br

 

Horário de Funcionamento

Segunda à Sexta

10.00h - 18.00h

  • w-googleplus
  • w-facebook

© 2015

Utopias e experiências operárias – ecos da greve de 1917

Luiz Carlos Ribeiro e Clóvis Gruner (orgs.)

 

Christina da Silva Roquette Lopreato . Luiz Carlos Ribeiro . Roseli Boschilia . Joseli Maria Nunes Mendonça . Pamela Beltramin Fabris . Silvia Maria Fávero Arend . Christian Ferrer . Clóvis Gruner . Jorge Pavez Ojeda

 

Em julho de 1917 uma greve geral, convocada e liderada prin­cipalmente pelos sindicatos e organizações anarquistas, parali­sou várias cidades brasileiras. Deflagrada inicialmente em São Paulo, nas semanas subsequentes ela se espalha para outras cidades brasileiras, culminando com o que foi, até aquele mo­mento, nosso maior movimento paredista. Resultado do con­texto de formação e amadurecimento das ideais e da organi­zação dos trabalhadores, de uma cultura operária, no Brasil da Primeira República, mas também de um contexto internacio­nal atravessado por conflitos os mais diversos, sua importân­cia e impacto repercutiram além das fronteiras temporais mais restritas. Passados mais de 100 anos e os rumores, as ruptu­ras, as promessas e contradições das revoltas e revoluções que inauguraram o século XX, ainda nos inquietam. Os capítulos desse livro pretendem, de diferentes maneiras, problematizar a pertinência e a extensão das utopias gestadas no passado, mas igualmente, reivindicar sua presença e atualidade.

SUMÁRIO

APRESENTAÇÃO: GREVES, RESISTÊNCIAS E UTOPIAS

PARTE I – GREVES

A GREVE GERAL ANARQUISTA DE 1917: MILITÂNCIA ANARQUISTA E REDES DE SOLIDARIEDADE

Christina da Silva Roquette Lopreato

GREVE GERAL 1917: ORGANIZAÇÃO E LUTA OPERÁRIA EM CURITIBA

Luiz Carlos Ribeiro

 

PARTE II – EXPERIÊNCIAS

SILENCIOSAS OU INSURGENTES? MULHERES TRABALHADORAS NO CONTEXTO DA GREVE DE 1917, EM CURITIBA

Roseli Boschilia

OS TRABALHADORES TÊM COR: MILITÂNCIA OPERÁRIA NA CURITIBA DO PÓS-ABOLIÇÃO

Joseli Maria Nunes Mendonça/Pamela Beltramin Fabris

LUTAS SOCIAIS, TRABALHO INFANTOJUVENIL E DIREITOS (BRASIL, 1889-1927)

Silvia Maria Fávero Arend

PARTE III – UTOPIAS

FOLLETOS ANARQUISTAS EN PAPEL VENECIANO

Christian Ferrer

CENAS DO AGIR ANÁRQUICO

Nildo Avelino

UM SNOB ANARQUISTA : O MAXIMALISMO LIBERTÁRIO DE LIMA BARRETO

Clóvis Gruner

UTOPÍA, TÉCNICA E HISTORIA: TIEMPO Y ESPACIO DE LA DIVISIÓN SOCIAL DEL TRABAJO

Jorge Pavez Ojeda

Sobre as autoras e os autores

​ISBN: 978-85-8499-155-6
Formato: 16x23 cm​
​Paginas: 196

​Preço:R$ 48,00